Como “13 Reasons Why” fala com a juventude?


CONTÉM SPOILERS

Eu assisto séries em doses homeopáticas de propósito, no entanto, com “13 Reasons Why” (ou “13 porquês”) optei por ver todos os episódios no menor tempo possível. Quando eu não estava assistindo eu sentia como se estivesse sendo cúmplice dos garotos da escola e estivesse deixando Hannah Baker se afastar. E como acontece com quase tudo ao meu redor a série trouxe inúmeras reflexões. Uma delas, porém, ultrapassou meus níveis comuns de inquietude: o que a série possui que a torna tão necessária e, ao mesmo tempo, tão ameaçadora para a nossa sociedade? Sufocando a parte óbvia desse tema escolhi discorrer sobre como esse produto cultural se apresenta singular nas discussões sobre juventude, mídia e educação. Continue lendo →